30 de outubro de 2013

Ripple L.O.V.E

Esta é minha terceira manta de crochê em ponto ripple:


Eu não entendia bem por que a Lucy e a Jacquie se diziam extasiadas enquanto crochetavam mantas e que estes eram os melhores projetos, sempre em andamento, mesmo que ao lado de outros, pra ser levado pra lá e pra cá, sendo retomado toda vez que aquela vontade de criar ondas de alegria invade o nosso ser. E depois da minha primeira eu entendi o que isso quer dizer. É simplesmente delicioso!


Desde a escolha das cores, que vai nascendo aos poucos e se materializando de acordo com o ambiente em que vc vai usá-la ou a pessoa que vai presentear, até o tamanho (também variável), e mesmo o tipo de ripple (ou zig-zag em português): há os bem ondulados, como este acima, os mais "pontudos", os que têm buraquinhos e são mais abertos e os bem fechados.

Então decidir se vai trocar de cor a cada carreira, ou a cada duas, ou aleatoriamente, de acordo com os fios que tem em casa, misturando até mesmo tipos diferentes de fios, como é o caso da minha rosa, que está no final do post e que eu amo de paixão (minha preferida)!

E se deixar levar pelo padrão que vai se repetindo, logo memorizado, e ondulando lentamente... enquanto vê TV, na viagem, enquanto conversa, em qualquer lugar.


Desta vez inaugurei o estilo "color block", que nunca tinha feito, que forma esses blocos maiores e mais chapados de cores únicas. E me apaixonei quando vi uma manta dessa no Pinterest em outras cores. Como precisava do amarelo e do cinza na minha sala, incluí também o branco pra suavizar.

E  usei a receita da Lucy, que por incrível que pareça eu não tinha feito ainda.


É uma manta bem pequena, dessas de colocar na lateral do sofá ou poltrona e dar um aconchego, cobrir as pernas num dia mais frio... e que já tem sido bastante usada por aqui, aliás!

Nesta não fiz bordas, porque achei que não combinava.


Usei Fio Desejo (1 fio) e agulha de crochê 4,5 pra ficar bem leve.
Receita da Lucy: Neat Ripple Pattern: aqui.
Opção de ponto ripple em português (efeito praticamente igual, pra quem preferir - receita perfeita!) - já usei duas vezes: aqui e aqui - posts com todos os detalhes de número de pontos etc.

E uma coisa interessante: juntei as três imagens dos meus três ripples e só então percebi o quanto as duas receitas são diferentes: as duas primeiras (receita em português, da Eliana) bem pontudas e a última (da Lucy) bem mais ondulada:


Vendo todas juntas assim me deu uma vontade louca de começar uma em tons de azul e cinza pro quarto do meu filhote...


E este "Home" em madeira (comprado na última Mega Artesanal, aqui em SP) enfeitando minha sala salpicada de amarelo: só o que fiz foi colar papel grosso de scrapbook na peça e pintar as laterais de amarelo (coloquei a peça em cima do papel e tracei o contorno com lápis; depois, cortei em volta e colei!). Simples e forte, não? Que tal?

Bons crochês!

9 comentários:

Ana Luiza Couto disse...

Que colcha linda!!! Adorei a combinação de amarelo, branco e cinza, e já estou louca pra ver a do filhote! Cada vez que visito seu blog é uma alegria! Beijo!

Criando Artes Carla disse...

Olá Claudia, eu nunca fiz manta, alias as suas estão lindas! Parabéns!
Mas eu entendo o que vc fala sobre estar estasiada, quando faço minhas carteiras com esse ponto é uma delícia.
Gosto muito de vir aqui, aguardo sua visita.
Beijos
http://criandoartescarla.blogspot.com.br/

Rosangela disse...

Partilho do mesmo sentimento seu quanto as manta. Sou apaixonada por elas, as ripples em especial.
Vc falou em tons de cinza e azul e foram estas as cores que acabei usando nas duas de solteiro que fiz. Gostaria muito de receber sua visita e de saber sua opinião.
Desde já obrigada.
Lindo dia para vc.
Beijo.

Janaina disse...

Trabalho lindo, como sempre!!

Bjo!

Izabelle Costa disse...

Que lindas! Acho o efeito do ponto riple uma graça!

valeria rezende disse...

Oi Cláudia. Linda manta. Amo amarelo, acho que aquece qualquer ambiente.
Abraços!

ELENA disse...

A sua primeira frase expressa exatamente o que eu estou sentindo, agora que estou me aventurando nisso do rippley, ao ver tanta beleza, da uma vontade louca de aprender e de fazer! BJO!

Rosangela disse...

Que alegria receber sua visita.
Obrigada Claudia.
Fica com DEUS.
Beijo.

Sônia Maria - Falando de Crochet disse...

Oi, Claudia!
Sua manta ficou simplesmente maravilhosa!!! Estou tecendo uma manta para bebê muito parecida com a sua. As cores acredito serem as mesmas... A receita difere na quantidade de pontos na crista da onda. Por isso a minha ficou com os angulos mais pontigudos... Fiz um post sobre alguns pontos ondas e zig-zag, depois passe por lá pra ver. Nele fiz mensão a sua manta e fiz um link para o seu blog...
Um Feliz Ano Novo pra você e toda sua família.
Beijos