1 de outubro de 2014

Bijus de crochê

Que tal fazer bijus de crochê?

Eu adorei a experiência!

Vi vários modelos lindos no Pinterest e decidi dar uma nova chance a elas. Isso porque já tinha feito uns colares uma ou duas vezes tempos atrás, mas o resultado não me agradou muito. Estes aqui. Acabei doando numa das limpezas de armário...

Talvez porque a "corrente" era feita do próprio crochê. Desta vez fiz com prata, usando correntinhas compradas prontas. 



O que fiz é muito simples: florzinhas de crochê com fio bem fino duplo (desses novelinhos pequenos (como este abaixo), para bordado ou costura, não linhas pra crochê, que são muito grossas).


Agulha de crochê tb bem fininha pra ficar um trabalho delicado.


Fiz as flores separadamente, uma a uma, então, depois de prontas e arrematadas, costurei as bolinhas de prata no centro como miolo (são de uma pulseira arrebentada... "quem guarda tem" é um lema na minha vida... rsr). 

Então uni, com um mesmo fio e agulha de costura, uma flor à outra, depois de fazer várias tentativas de combinação e ordem delas: não sabia se ia querer no centro ou na lateral da corrente, e foram várias idas ao espelho com elas no pescoço antes de me decidir...

Depois de ter o "bloco" de flores unido com fio e agulha, mergulhei tudo em um potinho com termolina leitosa e água (isso é feito pra endurecer as flores; caso contrário elas ficam sem forma). Mas atenção aqui: este não é o jeito certo de fazer! O certo é passar com um pincel o endurecedor próprio (já extiste específico para crochê; mas pode ser a termolina ou mesmo cola branca misturada com água num potinho) só por trás da peça, assim não fica o aspecto meio brilhoso e duro como o meu (modelo pink e laranja, que foi o primeiro). Pra fazer essa "blocagem", deem uma olhada nos outros posts com esse marcador. Neles dou mais detalhes da técnica.

Vejam a diferença do colar de círculos azuis que fiz depois (não sei se nas fotos é possível perceber). 
O resultado é infinitamente melhor: depois de unidos os círculos com argolinhas de prata, prendi com alfinetes em um papelão e pincelei a termolina com um pouco de água só na parte do "avesso" e deixei secar bem
Ficou ótimo! Depois mostro ele sozinho num próximo post se quiserem...

Para fixá-los na corrente (também já pronta), fui costurando onde achei que prendia melhor (vejam na foto do avesso* do trabalho que tirei pra vcs verem como foi feito). 

                               

* Não ficou nada bonito e sempre me faz lembrar da minha mãe dizendo que "o avesso precisa ser limpo tanto quanto o direito!". Ela está certíssima. Acho que esses detalhes são importantes. Imaginem que outro dia, ao usá-lo, uma pessoa adorou e me pediu pra olhar a parte de trás, pra entender como era feito... na hora tive a certeza de que deveria ter caprichado mais... rs

Quanto às argolinhas e fechos, minha mãe comprou pra mim na 25 de Março (aqui em SP). Vendidas em pacotinhos muito baratos! Já fazem parte agora da minha caixinha de acessórios. 



                            

As argolas são fáceis de abrir e muito fininhas, então é possível encaixar facilmente onde vc quiser - direto no crochê ou direto na corrente, assim como o fecho; não precisei de alicate específico, nada.

Ou seja, daquelas coisas simples de fazer, mas com um resultado excelente. 
Quero muito tentar algumas com feltro também.
Mas fica pra próxima!

Um abraço e bom meio de semana!


29 de setembro de 2014

Primavera...





Apenas testando as preciosas dicas de fotografia dadas pelo Matt: aqui e
experimentando o fabuloso PicMonkey (editor free com deliciosos recursos que acabei de descobrir!!). 

Diversão sem fim...





Linda primavera a todas e bons trabalhos!

P.S.: Também fiz algumas alterações na cara do blog. Queria algo mais clean. Vejam se aprovaram...

16 de setembro de 2014

Girassol



A.m.o girassóis!

Quando vi a receita deste, em crochê, do maravilhoso Matt, me encantei 
e soube na hora que ia fazer um.

O tutorial dele é perfeito e fui seguindo da própria tela do Ipad, sem imprimir. Fotos incríveis, texto bem escrito, receita perfeita! Dá gosto ver um trabalho assim! :)

Comecei o meu numa noite e terminei no outro dia. Primeiro fiz a flor, igualzinha à dele, mas de imediato pensei que ficaria ótima espetada num vaso de flor de verdade, especificamente na varanda da minha mãe.

Então tive a ideia de enfiar na flor um palito desses de churrasco, assim fica perfeito pra ser colocado direto na terra.

Antes disso enrolei o palito com fio verde (o mesmo das folhinhas que eu já tinha prontas!!) e cola branca. Depois só enfiei no enchimento da flor (espuma daquelas sintéticas pra encher bichinhos) com um pouquinho de cola pra não soltar.

A cortiça que vcs estão vendo embaixo é onde alfineto as peças de crochê com um pouco de cola branca no avesso pra engomá-las e ficarem bem firmes (adorei essas peças de cortiça em placas (vendidas em casas de arte ou papelarias grandes). Geralmente deixo espetados assim por uma noite; no dia seguinte estão sequinhas e prontas pra usar!


Que pena as fotos não terem ficado muito boas, porque foram tiradas com o celular e num fim de tarde na casa da minha mãe... Mas dá pra ter uma ideia do efeito primaveril:




Ela gostou bastante e claro que pretendo fazer um pra mim... rs

Este, na minha cozinha, presente da mana! 

Alguma dúvida de que "A arte imita a vida"?

............................................

Receita maravilhosa e totalmente free do Matt, no blog dele, aqui.
Thank you, Matt!


P.S.: Outra receita de girassol que eu adoro: aqui.

Um grande abraço e ótima semana a todos!

28 de agosto de 2014

Porta-algo...

Dia desses passei por um daqueles imprevistos que todas nós passamos algum dia: precisar, no trabalho, de um absorvente e não ter na bolsa...

Então o jeito é sair perguntando de uma em uma quem é que teria pra emprestar...

Uma amiga me salvou e, como agradecimento, cheguei em casa e fiz pra ela um porta-absorventes pra quando fosse devolvê-los (sabem aquela história das nossas mães e avós de "não devolver o tupperware emprestado vazio"? rsrsr Eu levo a sério...). 

Assim eles podem ficar bem guardadinhos na bolsa:



 Fiz o molde numa folha de papel sulfite, medindo no tamanho desses protetores diários, mas com sobra o suficiente pra caber também um daqueles normais, maiores. 

O formato é como se fosse um envelope, só que bem mais comprido na vertical e bem mais curto na largura. Faço tudo em uma peça só.

Usei meu feltro estampado querido e um botão do meu estoque:


Depois de riscar e cortar o feltro usando o molde (eu risco com lápis mesmo pelo lado avesso), é só ir fazendo o ponto caseado em volta (vejam que na parte de baixo eu dobro e já aproveito como fundo, então não preciso costurar!).

O ponto caseado (tem passo a passo no link) é feito pra fechar o trabalho e também pra dar esse visual "feito à mão". 
Mas quem não gostar pode fechar à máquina ou com pontinhos também à mão, mas dados pelo avesso, se a ideia for não aparecer.

Faça a casinha de botão e dê uns pontinhos ao redor pra que não desmanche. (Quem não quiser botão, pode optar por colar dois pedacinhos de velcro por dentro). 

O molde também pode ser usado com tecido, é claro! é que o feltro sempre me fascina, por ser tão fácil de lidar e oferecer um resultado tão rápido e tão "limpo".


Aqui o molde pra quem quiser fazer um. 

Pra que fique do tamanho certo, primeiro salve a imagem no seu computador. 

Então escolha a opção "Imprimir" e coloque no tamanho "A4", que é o tamanho-padrão do sulfite. 

Não esqueça também de selecionar o modo "Página inteira" na hora de imprimir, pra que fique do mesmo tamanho do meu.


Também pensei que pode ser útil pra guardar uns remedinhos básicos, tipo aspirina, band-aid, um kit estiloso de primeiros-socorros...
Que tal?

Um beijo grande e ótimo restante de semana!

18 de agosto de 2014

Poncho







Feliz porque consegui terminar o poncho que mostrei no último post! e no tempo que eu queria (no fim de semana retrasado, já a tempo de a presenteada usar nos dias frios da última semana)!

Como eu disse, a receita é muito fácil porque pode ser seguida pelo gráfico, AQUI.
Para adequar ao tamanho desejado, vc vai fazer o número de correntinhas suficiente para que passe pela cabeça da criança ou do adulto - ele é totalmente ajustável!

Este eu fiz pra uma menina querida de 13 anos. Montei 88 correntinhas (o número deve ser sempre múltiplo de 8). Ao fechar essa carreira inicial de correntinhas, vc vai seguir o gráfico, que é todo em pontos altos. E ir seguindo os pontos depois, sempre do mesmo jeito, até a última carreira, que vai ser quando vc achar que comprimento da peça está OK!

Pra finalizar, fiz 2 pompons (minha nova mania, perceberam?!) com uma das cores do poncho.
Nos dois modelos que fiz antes, um pouco menores, usei franjas, AQUI. Também ficaria lindo com "tassels". Veja como fazer no meu painel do Pinterest AQUI

Usei restos de fios do meu estoque, ou seja, não gastei nada pra fazer e ainda abri espaço para novas aquisições... rs

Ficou fofo e macio, quente, mas leve ao mesmo tempo. :)

Fios (cores listadas do decote para baixo):
- Acalanto (Cisne) Lilás 
- Acalanto (Cisne) Cinza 
(como são restinhos, não tenho os números das linhas...)

- Premium Cinza-escuro (Cisne) n. 9078 (usei mais desta cor porque tinha bem mais dela)
- Desejo (Pingouin) Lilás n. 1447 (usei bem pouco desta, a cor mais viva, apenas pra dar uma alegrada na peça)
- Desejo Cinza-claro  (Pingouin) n. 0849

Agulha 4,0 mm
...................................................................
P.S.: Outra ideia para poncho de adulto com receita: aqui.

Um grande abraço e ótima semana!


9 de agosto de 2014

Em cores

Crochetando um poncho a pedido de uma menina linda...



Pretendo imensamente terminá-lo ainda este fim de semana, ou corro o risco de ela usar muito pouco este ano. Já fiz desse mesmo modelo pra ela e pra irmã algum tempo atrás, aqui (agora fui dar uma olhada e descobri que foi em 2011!! como o tempo voa! mais de 3 anos se passaram e elas cresceram tanto!). Enfim, claro que os ponchos não servem mais, por isso uma delas me pediu uma segunda versão! 
Estou amando fazer aproveitando restos de fios! às vezes os trabalhos mais bacanas vêm dessas misturas não calculadas. Adoro!


Deliciada com meus pompons! Faltam "só" 16 pro meu projeto... rs


 ... e com estas cores,  na minha sala...


... e estas na minha cozinha:


As cores, em algumas fases da nossa vida, parecem necessárias, não?
Sempre me lembro de quando fazia questão de beges e marrons... estranho! rs

Um ótimo fim de semana a todas!
Aqui em SP, curtindo um friozinho perfeito pra lãs, sofás e afins... :)

27 de julho de 2014

Colete Listras e Mega






Fiz este colete/sweater uns 2 anos atrás. Adorei o visual dele: as listras, as cores, o modelo, mas o caimento é um pouco folgado e acaba "ampliando" um pouco a silhueta, se é que vcs me entendem... rsr... por isso não usei muitas vezes, mas vou tentar retomá-lo neste inverno.

A receita é muito fácil, naquele mesmo estilo "topdown" que eu sempre faço meus casaquinhos e os das crianças: começando por cima, no decote, e descendo para o corpo. Esses modelos são adaptáveis, por isso gosto tanto.

A receita original (disponível no Ravelry) é de um colete pra bebê. Então uma pessoa muito talentosa e criativa foi lá e resolveu adaptá-la para adulto:dobrou o número de correntinhas iniciais e foi seguindo com essa quantidade de pontos (é preciso ir experimentando no corpo e checando se o tamanho está OK pro seu manequim). O meu é 42.

Também é possível fazer com as mangas compridas. Eu optei por fazer como o original, pra usar com blusinha justa por baixo, de mangas longas.

Não fiz casas para os botões porque os vãos formados pelo próprio ponto alto já são suficientes para encaixá-los.

Todo feito em pontos altos e apenas a volta toda com pontos baixos pra dar o acabamento (com fio preto).

Usei fio Desejo (Pingouin), 1 fio, agulha 3,5, nas cores:




Receita no Ravelry (cadastro free): "Adult Bombay Love" Sweater:  aqui.
Inspirada em "Bombay Love Sweater" de bebê: aqui.

Mas hj faria tranquilamente usando o fio Harmonia, da Aslan, mas infelizmente não encontro muitas cores disponíveis... :(

***********************************************

P.S.: Fui com minha mãe à Megartesanal ontem (sábado, último dia). Tardezinha fria, de garoa, um convite pra um passeio a duas apaixonadas por craft.
Estava lotada, mas encantadora e cheia de coisas lindas como sempre! 


...........
Um grande abraço e uma linda semana, aquecida e cheia de tudo o que te fizer feliz!