17 de fevereiro de 2014

Tapete

Não sou grande fã de fazer tapetes... meus dedos doem e a espessura dos barbantes me incomoda.
Mas a verdade é que sempre tento fazer um que me agrade...



Este faz algum tempo que terminei (uns 2 anos talvez) e o destino seria meu banheiro, sempre precisado de tons azulados, porque acho a melhor cor do mundo para banheiros. Acho que passam ideia de limpeza, de mar, água limpa, não sei bem...

E gosto particularmente de círculos, mandalas. Mas por algum motivo que nem me lembro bem, não achei que ficou bom no meu banheiro. E não tive vontade de começar um segundo, que era a intenção.
Então, há pouco tempo, resolvi levá-lo para o nosso banheiro da chácara dos meus pais. E comecei a adorá-lo e me perguntar por que não gostei dele na época... rsr

Então comecei, lá mesmo, a fazer o segundo, que fará companhia pra ele, como deve ser!
E não é que, pra minha surpresa, achei delicioso trabalhar com o tal barbante que estava nos meus guardados há tanto tempo?

Mas não aqui em SP - resolvi deixar o projeto em espera por lá mesmo. Então, toda vez que eu for, faço algumas carreiras e logo ele estará pronto! Aliás, a delícia do barbante é esta: como rende!! sentei e praticamente de uma vez já alcancei este tamanho aí de cima. Depois ainda fiz um pouco mais.




O barbante é Itatiba n. 6 (se não me engano, pq já faz tempo...). Costumo comprá-lo quando vamos a Jarinu, que é perto de Itatiba. Não sei se há disponível nos armarinhos on-line em SP. Mas sei que o barbante São João tb é excelente e tem cores divinas, assim como o EuroRoma, que tb já usei.

Usei agulha de crochê 4 mm.

A receita é esta aqui, que já usei para tantas toalhinhas de mesa. Aqui e aqui, por exemplo.

Mas pode ser qualquer outra de mandala ou circular, mesmo que pequena; para ir aumentando o tamanho, é só ir fazendo dois pontos altos juntos no mesmo ponto, que é o aumento no crochê. A cada carreira vai-se aumentando assim. Terminada a carreira, coloque o tapete no chão pra checar se ele não está "embabadando" (o que acontece se tiver muitos aumentos) nem "repuxando" (quando há poucos aumentos). Quando conseguir aumentar o necessário - o que vc vai notar quando ele estiver bem esticado e perfeito ao pisar -, é só ir continuando com o mesmo número de pontos, ou seja, sem aumentos até conseguir o tamanho do tapete que vc quiser, só fazendo mais carreiras iguais. E depois escolher uma borda!

(Obs.: Quem faz tapetes lindamente é a Márcia, do Mitricot. Deem uma espiada lá!!)

Beijos e uma ótima semana!







9 comentários:

Márcia disse...

Ficou lindo Claudia e obrigada!!! Beijão!

Dudis disse...

Olá, ficou muito lindo e ainda bem que agora vai ter utilidade, e outro igual para lhe fazer companhia :-)
Boa semana, bjos doces

Sônia Maria - Falando de Crochet disse...

Claudia, seu tapete está lindo!!! Isso de não gostar e depois não saber porque não gostou, já me aconteceu também... Já me aconteceu o contrário também... Às vezes me deparo com peças que salvei em meus arquivos que fico sem entender o que achei nelas :)))
Respondendo a sua pergunta lá no blog:
Em NOV 2008, fiz:
Um Individual e uma almofada flor... As cores não ajudaram muito...
http://falandodecrochet.blogspot.com.br/2008/10/suplat-ptalas-em-crochet-ponto-alto.html
http://falandodecrochet.blogspot.com.br/2008/10/grfico-do-tapete-de-rosas-e-um.html
http://falandodecrochet.blogspot.com.br/2008/11/almofada-de-croche-petalas-de-flores-ou.html.
A Elaine fez um vídeo ensinando a tecê-la, mas na verdade ela fez foi de uma almofada japonesa que é similar:
http://falandodecrochet.blogspot.com.br/2008/11/vdeo-elaine-tapete-suplat-centrinho.html
Essa japonesa é mais fácil de tecer e mais bonita que a minha...
Depois a Lucy, do Atti24 fez a dela que superou as duas anteriores... http://attic24.typepad.com/weblog/blooming-flower-cushion.html
Essa que você está procurando pra mim supera todas as anteriores... Ela é criação da Zizi Maria, que faz crochês maravilhosos... A dela é bastante diferente das anteriores porque suas pétalas são tecidas sobre alças, tipo um Individual de crochê que teci em SET 2008 . Você viu o puff com a mesma flor? http://www.zizimaria.com.br/banco-flor-vermelho.html
http://falandodecrochet.blogspot.com.br/2008/09/suplat-flor-de-crochet.html.
Nesse individual as pétalas são sobre alças, mas são enfileiradas...
Já a Almofada da Zizi, como te disse antes, são desencontradas... Se é que estamos falando da mesma almofada: http://www.zizimaria.com.br/almofada-flor-grande-azul-claro.html. Essa almofada é realmente linda!!!! Infelizmente eu não tenho a receita...
Se fosse tecê-la usaria fios grossos como ela fez:
- Teceria as pétalas sobre alças e com duas carreiras e mais, de acordo com o que fosse mudando de carreira, para que ficassem maiores como as dela...
- Usaria uma agulha de numero maior que a indicada para o fio para que o crochê ficasse com esse aspecto mais despojado e mais maleável...
- As pétalas seriam desencontradas como as dela...
- Manteria os números de pétalas 3 - 5 - 7 .
- Talvez fizesse a almofada maior uma careira...
Observe que até a ultima carreira ela manteve as sete pétalas, no entanto aumentando a quantidade de pontos em cada uma delas...
Para ajudar na sua inspiração veja essa flor de feltro aplicada em tecido... É bem parecida com a de crochê...
http://www.vanessachristenson.com/2010/05/guest-blogger-tutorial-allison-of-cluck.html
Acho que você consegue, amiga! Tente e depois me fale...
No momento não posso tecer uma... Vai para a minha pasta de projetos futuros...
Beijos

Sônia Maria - Falando de Crochet disse...

Claudia, o gráfico dessa flor pode te ajudar...
http://www.liveinternet.ru/users/valmr/post290444615/
Beijos

Sônia Maria - Falando de Crochet disse...

Claudia vi agora que essa flor é a mypicot e lá tem pap: http://www.mypicot.com/club/2013/06/02/xl-flower/
Beijos

Claudia disse...

Sônia, querida, que alegria!!!! Obrigada pela ajuda!!!! é exatamente o que eu precisava!!! mil beijos!

Karina K. disse...

Adorei o tapete, Claudia. A cor, o efeito mandala e a rusticidade do barbante o deixaram muito legal. Show!

Karina K. disse...

Oi, Claudia
Se você gosta do humor da Fernanda Torres, pode ler o livro Fim que vai gostar. Não achei o assunto pesado, não. A linguagem é que é meio "Nelson Rodrigues", hehe.
Bjs

disse...

É barbante cansa... e crochê mais ainda pra mim... esses meus dedos... ficou lindo o seu tapete; acho a cor linda, mas pra mim, banheiro é verde hohoho amo essa cor em acessórios pra ele.

bjinhos