18 de maio de 2010

Do you speak English?!

Lembram que falei no último post que tinha feito outra peça com ao fio Harmonia vermelho? Aqui está:
Uma gola de crochê! Desde o ano passado essas golinhas invadiram os dias frios e parece que vieram pra ficar. Eu já virei uma adepta delas, porque são mais confortáveis de usar do que o cachecol, não fazem volume e dão uma enfeitada numa blusa básica.
Pena que o vermelho seja uma cor tão ruim de fotografar. Juro que tentei...

Cardiff Cowl (disponível no Ravelry e na Lion Brand*)
Usei fio Harmonia (agulha 4,5 mm no início do trabalho - para passar pela cabeça - e agulha
3,5 mm no restante, para não ficar muito larga na parte de cima).
A segunda eu fiz com fio Acalanto (bem menos de um novelo):
One row lace cowl (disponível no Ravelry e aqui)
Também trabalhada com agulha maior no início e finalizada com agulha menor.

Infelizmente nenhuma das duas fotografou muito bem. Ao vivo elas são bem mais bonitas.
Ambas receitas eu encontrei no Ravelry e, ao pensar neste post, uma coisa me veio à mente: mais receitas em inglês! E me lembrei da minha própria frustração quando, não muito tempo atrás, eu via uma peça que amava e logo na sequência tinha a decepção de ver que era em inglês. E nada de tecla SAP...
Sei que muitas de vcs se sentem assim. O que posso dizer é que é possível transpor essa dificuldade se tiver muita dedicação. As palavras-chave são recorrentes nas receitas e consultando um "dicionário" de crochê ou tricô, vc vai se acostumar com os termos e isso se torna natural (lembrando que tem um aqui).
O passo seguinte é imprimir a receita e ir tentando fazer, mesmo sem entender tudo. Cansei de ler uma receita e achar que jamais conseguiria e depois, colocando a mão na massa e pesquisando na própria internet, conseguir fazer. (Claro que muitas delas não consigo mesmo, mas não por causa do inglês, mas pela falta de mais experiência na própria técnica do trabalho.)
Também sempre me lembro de um texto que li num blog, alguns anos atrás, em que a autora expressava sua desaprovação pelo fato de todo mundo só querer saber de receitas estrangeiras, e de querer agulhas importadas, sem valorizar o que é nosso. Ela estava tão desgostosa com a situação que estava encerrando seu blog. Eu não vejo assim. Acho que não há como ignorar a beleza dos trabalhos feitos fora e o cuidado e o bom gosto que as publicações estrangeiras oferecem, em papel e na internet, coisa que não temos por aqui, infelizmente. Não que falte bom gosto e cuidado às pessoas que executam os trabalhos aqui, mas o que nos falta é qualidade e bom gosto na fonte, concordam? E a Ravelry é um exemplo desse primor: uma comunidade formada em torno dessas pequenas maravilhas que tornam nossos dias mais felizes e coloridos. E por que não disfrutar disso?
(* Como eu já disse em outros posts, é preciso se cadastrar para ter acesso às receitas do Ravelry e da Lion Brand - é fácil e a diversão é garantida!)
Encerrando o post, não resisti a incluir uma foto da minha mesinha da sala, tirada no sábado de manhã, exatamente como a tinha deixado na sexta à noite, com uma pequena pilha de coisas feitas...

Bons trabalhos!

22 comentários:

Maria das Graças disse...

Olá
Claudia,os dois estão lindos,adorei as florzinhas do vermelho; as fotos estão ótimas. Já guardei a receita. :)Obrigada.
Bjs

disse...

Cláudia,que golas lindas! Muito legal isso de trocar de agulha pra ficar melhor o "assentamento" no pescoço. Eu troquei meus cachecóis pela gola, pelos mesmos motivos... enfeitam qq blusa e não tem volume! Se o frio aqui fosse demais,cachecol com várias voltas!
Gostei dos fios e das cores, lindas!!
E a mesinha, hein? cheia de projetos, muito legal:))
bjinhos

Ana disse...

É bem isso mesmo!!! Claro que com alguns blogs disponibilizando os dicionários inglês/port. ajuda, mas mesmo assim, para quem não sabe Inglês, é duro!!!
E suas golinhas são lindas!!!
Ana

Renata disse...

Clau, linda suas golinhas, um charme!!!Fique com Deus!!!Bjs,Rê.

SANDRA CROCHE disse...

Oi,
Ficaram Lindas,lindas!!!!
Parabéns Claudinha!!
Beijos...sandra Coatti

Marico disse...

Eu não falo inglês, mas adoro as receitas com este idioma, lindas, bem explicadas, tudo de bom. Gosto tanto dessas receitas que até me esqueci de como seguir uma receita em português, rss
Adorei as golas, além de esquentar são um belo acessório.
bjs

Edna disse...

Oi!
Ficaram lindas as suas golinhas, e concordo com você, qdo diz que falta é qualidade e bom gosto na fonte, tem tanta gente boa, eu mesma conheço muitas aqui em minha cidade mas infelizmente elas não dominam a internet e assim não conseguem partilhar o que sabem, é uma pena.
Beijos
Edna

Nilda Biagio disse...

Olá Claudia
Essas golinhas são mesmo muito práticas! Gostei das cores que vc usou!!
Bj
Nilda

Iris disse...

Claudia,

Legal as dicas que você deu sobre as comunidades. Eu entrei no Ravalry, mas não estou sabendo usar direito. Você pode me dar algumas dicas?

Beijos

irisbolsas@gmail.com

Ana Luiza disse...

Amei as golas, a vermelha então... Mas gostei mesmo foi da sua mesinha, que linda! Beijo, querida, saudade!

AnaLuiza disse...

Amei as golas, a vermelha então... Mas gostei mesmo foi da sua mesinha, que linda! Beijo, querida, saudade!

Mery Valle disse...

Claudia,um trabalho muito lindo!!!
Acho que até vou fazer um para mim,uma idéia ótima!!!
Beijos e parabéns pelo blog!!!

Mónica disse...

Adorei a gola, já á uns meses tive vontade de fazer uma, fui adiando e acabei por não fazer, agora vem o verão a chegar e já não tenho vontade de crochetar lãs, agora só linhas. Mas ainda hei-de fazer uma!
Quanto ás receitas, quando se adquire uma determinada prática torna-se mais fácil, certas peças nem precisam de receita que nós conseguimos fazer só de olhar (aliás, antigamente as peças vinham mesmo sem receita nas revistas e tudo e a minha avó e tias aprenderam a fazer assim, tanto que hoje em dia não lhes dá jeito ver a receita.) outras quando tem a receita em forma de esquema (com símbolos), é universal! Essa é a minha receita preferida, de outra forma nunca iria entender as japonesas!
Quanto aos materiais, alguns deles fazem toda a diferença mesmo. Desde que encontrei as agulhas da clover a minha vida nunca mais foi a mesma e para as restantes mulheres da minha familia também foi assim, e elas não são de correr atrás de modas!Os fios da anchor são muito bons, mas os portugueses da rosarios também são bonitos e bem mais baratos.Importante é saber escolher o que realmente importa.
Beijocas.

Márcia disse...

Amei esse post!!! Que palavras tão sábias, tão bem colocadas! É isso mesmo, eu também sentia a mesma coisa no começo mas aí insisti, procurei, pesquisei, pedi ajuda e hj eu só vejo receitas em inglês. Amei amei amei as golinhas. Vou fazer. Obrigada pelas dicas de agulha e receitas! Que foto linda da mesinha da sala. Muito bom. Parabéns pelo post! Beijão!

Sônia Maria disse...

Claudia!
Seu blog e seus croches estão lindos!
Abraços com carinho,
Sônia Maria

Karina K. disse...

Oi, Claudia

Lindas as golinhas! E são bem agradáveis de usar mesmo. Confesso que sou das que desanimam ao ver uma receita em inglês, mas você tem razão. É só questão de se empenhar que a gente consegue fazer, mesmo não tendo domínio da língua.

Beijinhos

bete Angelo disse...

Ola Claudia concordo plenamente com vc, estou retornando ao tricot e ao crochet e tenho visto que os sites, revistas e materiais estrangeiros são muito superiores aos daqui. Tambem passo horas tentando traduzir uma receita e agora copio e fico tentando fazer.
Lindos os seus trabalhos e obrigado por compartilhar conosco.
Saude e Paz.

Linhas, lãs e afins... disse...

Agora você entende o meu ponto de vista... Eu sempre encontro trabalhos mais interessantes vindos de fora do nosso país tropical e já fiz um post sobre isso.
Há algumas marcas de fios que vêm tentando corrigir isso, aliás. Venho percebendo isso já há uns 2 ou 3 anos.
E que tipos de dificuldades você pode ter com o crochê? Fique completamente à vontade pra me escrever e eu farei o possível pra lhe sanar qualquer dúvida! É pra isso que serve a rede!

Abraço!

Linhas, lãs e afins... disse...

Ah, esqueci de mencionar: eu AMEI o banner! De que trabalho é a foto? Os tons de azul estão lindos....
E como foi que você fez o banner dessa forma? Isso é algo que nunca curiosei no blogger....


Abraço

ELENA disse...

Olá Claudia! Está certíssima! a gente tem que estudar, estudar, estudar, mesmo! as veces é bem difícil, mais optei por traduzir as receitas mais fácies, um dia chego lá, en quanto isso, aproveito quando álguem posta alguma tradução!
As golas mudam qualquer visual ne?
BJU!

Ana disse...

Por favor, vc poderia me ajudar?
Estou empacada numa receita em Inglês, pq não sei o que é isso: sl 1 pwise with yarn in back e st rem on needle after BO...
O restante da receita consegui entender com ajuda do dicionário Inglês/Português.
Muito obrigada
Ana
amoraes2008@hotmail.com

Meus pensamentos disse...

Amei seu blog e estou seguindo ele, e colocarei na minha lista de favoritos , vc. falou muito bem nesse texto referente ao bom gosto,
eu quando pequena só tinha revista italiana dessa arte e foi a onde eu aprendi, mas é claro que não sou perfeita como eles, mas gostaria de me aperfeiçoar eu parei de fazer essa linda artes de crochê e tricô por que fiquei com as mãos doloridas da bolsite, mas após 6 anos, venho reaprender tudo outra vez, desde no tempo da minha infância e juventude.
Lindo domingo a vc.linda e que Deus abençoei suas mãos.

Mariza Maravilha